A Atmosfera é um Fluido?

Foto de Julia Volk no Pexels

A atmosfera exerce pressão sobre a superfície da Terra e sobre todos os corpos que estão nela, é também uma grandeza escalar e sua unidade no SI é o Pascal.

Essa grandeza tem-se como referência a altitude do mar P_0=1,00\textup{ atm} ou aproximadamente 1,013 \times 10^5.

A atmosfera é compreendida como fluido. Por isso, a pressão exercida sobre os corpos sobre a superfície depende da profundidade em que esses corpos encontram-se. Dessa maneira, as maiores pressões atmosféricas estão em alturas menores que o nível do mar.

Porém, quanto maior a altitude, menor é a pressão atmosférica, isso explica de o porque em regiões mais altas, o ar torna-se rarefeito devido a menor densidade.

A pressão atmosférica exerce influência em densidades de algumas substâncias de acordo com a temperatura.

Ventosas podem ser usadas para prender corpos em superfícies. Por que os astronautas não usam ventosas para prender a superfície exterior de uma nave espacial em órbita?

Uma ventosa funciona porque o ar é eliminado debaixo dela quando é pressionada contra uma superfície. Quando a ventosa é liberada, tende a ir um pouco para trás, fazendo com que o ar preso sob ela se expanda. Essa expansão diminui a pressão dentro da ventosa. Portanto, a diferença entre a pressão atmosférica no exterior da ventosa e a pressão reduzida no interior proporciona uma força que empurra a ventosa contra a superfície. No caso dos astronautas em órbita em torno da Terra, quase não existe ar fora da superfície da nave espacial. Portanto, se uma ventosa fosse pressionada contra a superfície do lado de fora da nave, o diferencial de pressão necessário para pressionar a ventosa contra a superfície não estaria presente.

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *